domingo, julho 23, 2006

os benefícios do fumo do cigarro

[Um dos fenómenos mais irritantes na sociedade contemporânea é ter que apanhar com o fumo do cigarro de outra pessoa. Há já algum tempo que tenho vontade de ser drástico em várias situações. Não suporto ter que levar com o fumo de alguém. O mais curioso é que cada vez mais existem regras que limitam o consumo de cigarros em determinados locais, mesmo assim, até a simples passagem, na rua, por alguém que esteja a fumar, me incomoda. Basta ir atrás de um fumador que esteja naquele momento a fumar, que já não estou bem. Tenho alguns amigos, poucos, que fumam, e se a conversa for boa, consigo fazer o sacrificio de estar ao pé deles enquanto fumam, caso contrário, é insuportável. Como não tenho por hábito reclamar por tudo e por nada, raramente tomo acções fortes ou palavras quando me sinto incomodado pelo fumo do malfadado cigarro. O mais habitual é mudar de "poiso".]



Mais de metade dos jovens são fumadores passivos
Um estudo coordenado pela Organização Mundial de Saúde conclui que 56 por cento dos jovens entre os 13 e os 15 anos, em todo o mundo, estão expostos ao fumo dos outros em locais públicos e 76 por cento concordam com a sua proibição.
O relatório, apresentado hoje em Washington, teve o apoio de organismos públicos norte-americanos e canadianos e pretendeu salientar o grau de exposição dos jovens ao tabaco nas suas casas e nos locais públicos, a fim de apelar a políticas públicas fortes.A Europa ocidental, o Canadá, Japão e Austrália – que já têm dados – não participaram no estudo, precisam os organizadores.Os jovens da Europa central e de leste são os mais expostos: 85 por cento são fumadores passivos em locais públicos e 78 por cento em casa.


2 comentários:

qrestina disse...

Finalmente, parece que vamos poder respirar...

Passei aqui e gostei. :)

ALeX disse...

só faltou falar dos benefícios, não é?