quarta-feira, maio 31, 2006

vodafone volta às praias



«Praia Saudável» abrange 30 novas zonas balneares
O programa Praia Saudável da Fundação Vodafone Portugal vai abranger este ano cerca de 30 novas zonas balneares, cobrindo já um total de quase 100 praias.Resultante de um protocolo de cooperação assinado entre a Fundação Vodafone Portugal, a Direcção Geral da Autoridade Marítima, o Instituto da Água, o Instituto de Conservação da Natureza e a Associação Bandeira Azul da Europa, este programa tem como objectivo contribuir para o aumento da segurança e da melhoria da qualidade do ambiente e das acessibilidades para pessoas com necessidades especiais.Ao longo dos três anos previstos no protocolo são disponibilizados significativos equipamentos auxiliares de salvamento (motas de água e macas flutuantes).

gore atira-se

[O The Guardian de hoje tem esta entevista algo polémica com Al Gore. Uma espécie de renascer do sossego político que fez eco pelos Estados Unidos. Acho curioso o facto de um ex-candidato a presidente dos EUA, ter dado esta entrevista a um jornal de referência britânico. Parece-me que tem, claramente, que ver com certas ideologias nos Estados Unidos, nomeadamente as menos extremistas e mais inteligentes, terem maior repercussão na Europa. Não é por acaso que cada vez mais artistas desse país arrogante vêm viver para a Europa. Por falar em artista, um deles, que não entra bem nestes a que me estava a referir, Michael Jackson, pelos vistos quer criar uma Neverland em Inglaterra... ui ui. As crianças inglesas que se cuidem!]

Gore: Bush is 'rightwing extremist'
Former vice-president attacks Bush presidency, describing current US administration as 'a renegade band of rightwing extremists'.
Exclusive interview: Al Gore

fight club de silicon valley

Two men fight each other in Menlo Park


Primeira regra do Fight Club é: Não tragas o portátil

Pode parecer estranho para alguns, mas o filme Fight Club foi um marco na vida de muita gente, eu incluído. O filme com a dupla fantástica, Edward Norton e Brad Pitt, John Doe e Tyler Durden, respectivamente (que é assim que se diz os nomes pelos bois, ou será ao contrário), inspirou os jovens criativos das empresas de informática de Silicon Valley, onde está o topo da tecnologia moderna nos Estados Unidos, para fazerem um Fight Club à sua medida. É mesmo isso que se possa por lá. De 15 em 15 dias, alguns dos milhares de trabalhadores das empresas de informática, incluindo da Microsoft, trocam socos, joelhadas entre outras "carícias". São autênticos combates repletos de adrenalina que, para os homens, funciona como uma escape de alto e doloroso nível. Trata-se de homens com elevados graus académicos, como no filme, e muito bem pagos, que se agridem com raquetes de ténis e até frigideiras. O importante não é ganhar, mas sim descomprimir, apanhando, portanto. As fotos mostram parte. As semelhanças com o filme são óbvias. Aí está o exemplo da realidade que imita o cinema, aliás, neste caso o cinema e o livro que lhe deu origem, com o mesmo nome. Na verdade, o livro inspira-se em certos Clubes de Combate reais. Fight Club Silicon Valley está aí para os murros, para quando um Clube de Combate da Assembleia da República portuguesa, ou mesmo Clube de Combate da PT - se calhar já há, só que nós não sabemos...

First rule of fight club: Don't bring your laptop
Sparring over techie 'fight club'
Fight Club Draws Techies for Brawl
The first rule of Silicon Valley fight club is ...

One man tends to another's cut after a fight


terça-feira, maio 30, 2006

vodafone

[A BBC tem um artigo económico sobre algumas perdas da Vodafone, a nível internacional. Sempre vi a Vodafone como uma das empresas com grande saúde financeira, parece que nem tudo são rosas por lá, apesar de não haver nenhuma crise. Reparei depois na dimensão da empresa pelo seguinte quadro:]

CUSTOMERS BY MARKET (IN MILLIONS)
Germany: 29.1 million
United States (associate): 23.5
Italy: 18.4
UK: 16.3
Spain: 13.5
South Africa(joint venture): 10.9
Romania: 6.3
Greece: 4.4
Portugal: 4.2
Australia: 3.1
Source: Vodafone(March 2006)

palavra da semana

inculcar
v. tr.,
informar acerca de; aconselhar; recomendar com elogio; insinuar; sugerir; revelar; informar acerca de, alcovitar;

v. refl.,
impor ou insinuar a importância própria ou o valor propício; fazer por dar nas vistas.

nogueira

[Espreitei o blog do Bruno Nogueira e não resisti a mostrar como o rapaz anda chatiado com os paparazzos]

Ele é o Nogueira
Um grande bem haja também para a imprensa côr-de-rosa que tanto tenta saber da minha vida à boleia do meu querido blog. Ainda assim, garanto-vos que há coisas bem mais interessantes para vasculhar, nomeadamente um curso de jornalismo, por mais curto que seja.
Estreou então "O Pior Condutor de Sempre", o meu mais novo. Correu muito bem a estreia, ainda que num dia conturbado. Honestamente, a praia é mais convidativa do que um sabado à tarde frente à minha trombinha. Audiências muito boas ainda assim. Mais uma vez, muito obrigado.
Continua "Avalanche" no Villaret, até sabe Deus quando. E mesmo ele anda baralhado com estas coisas das datas.
Por hoje encosto-me no sofá com o portátil nas pernas, e leio os vossos mails.
A noite está mais do que boa, está de braços abertos.
Abraço-a?

---

O preço a pagar
A única diferença que separa um paparazzi de um violador, é que o violador não se esconde.

in corpodormente.blogspot.com/

here am i

onde é que eu já ouvi isto...

"Eu quero ver a lua a ver-me andar, Ver-me a cantar, Não tem de haver só, Um lado bom e um mau, Um lado fora de hora quando a noite é prá demora. É salutar eu sei que é mau de encaixar, Eu sei mas é salutar. É difícil entrar na canção GUMP, Meu conselho é saltar ao sinal JUMP, MY MOSQUITO FRIEND I KNOW YOU UNDERSTAND ME, TU FAIS SEIGNER MON COEUR D'HARMONIE ! Eu sou tão bom de amar ..."


















"Quero mijar, Agora quero mijar,
Deitar o excesso fora enquanto peço pra tirar mais um,
E agora vou, Directamente ao fundo,
E sinto assim a dor do mundo pelo que eu sou.
A Sharon Stone tem um olhar igual àquela dama,
Fora da minha razão será sempre tudo igual,
A coisas que eu vejo e nunca dá pra dar a volta,
A mente segue o seu percurso normal.
A semana do Samana boa mama cá me chama,
Adoro a cara dela quero tê-la numa cama.
Quero mijar, Agora quero mijar,
E o punk moda funk um dia vai voltar.
Eu sou tão bom de amar, Se em meu beijo,
Crê no que eu dei, Agora temo por ti,
Meu anjo, Vê no que eu dei. "

sexta dimensão portuguesa

[Pergunto-me, porque é que não há, nem existiram, em Portugal séries como a Quinta Dimensão (passa na :2) ou mesmo a Hora de Alfred Hitchcock (que passa na SIC Mulher às segundas à noite)? É uma pena! Acho que se poderia fazer coisas especiais e portuguesas nesse domínio.]

Descrição do episódio que está a dar agora na :2:
«THE TWILIGHT ZONE»

EVERGREEN/ ONE NIGHT AT MERCY
Nº 1 de 22
Uma viagem a um mundo onde a realidade e o imaginário se encontram

Neste Episódio
Quando a jovem e rebelde Jenna e a sua família se mudam para uma comunidade fechada, que os pais dela acham que vai ajudar a controlá-la, a jovem descobre a sinistra maneira que os seus novos vizinhos utilizam para lidar com problemas disciplinares...
Um jovem médico é confrontado com um paciente que afirma ser a encarnação da Morte!...

--------------------------------------------------------------------------------
Esta recente e excitante versão da clássica antologia "The Twilight Zone", traz-nos uma nova série de episódios cheios de mistério e "suspense".
O anfitrião Forest Whitaker leva-nos até um misterioso e desconhecido território, numa viagem sem precedentes aos sítios mais profundos da mente humana.
Um turbilhão de emoções, o medo, o ódio, o horror vão ser abordados ao longo desta empolgante série recheada de surpreendentes efeitos especiais.

sábado, maio 27, 2006

morangos | strawberry

de Photonut (Mr. Dave)

Esta é uma altura perfeita para morangos. Hoje comi imensos. Muito bom!

descobertas

Descobri este site sobre pés de raparigas francesas. Será isto normal? Lá original é!

pimo!

O blog do meu primo não está actualizado, não. Não tem muitos posts, não tem. Mas é apetecível!
Crianças portuguesas a fazerem sapatos da Zara chocam Inditex
A espanhola Inditex declarou-se chocada com as imagens divulgadas pelo semanário Expresso que mostram crianças do Norte de Portugal a fabricarem sapatos da Zara, empresa detida pela multinacional. O semanário mostra fotos de crianças de 11 anos de Felgueiras a coserem sapatos da marca espanhola.

rock in shakira



Photobucket - Video and Image Hosting


Shakira mostra a barriga
Vibrou. A cantora colombiana Shakira mostra a barriga às cerca de 90.000 pessoas que ontem se juntaram no Parque da Bela Vista, em Lisboa, para a noite inaugural do festival Rock in Rio. A cantora colombiana, que encerrou o primeiro dia de concertos, foi antecedida pelos D´Zrt, Ivete Sangalo e Jamiroquai.



Photobucket - Video and Image Hosting



Photobucket - Video and Image Hosting

tv descartável

O programa do Daniel Oliveira a anteceder o jogo de Portugal-Cabo Verde é ridiculo, dos minutos que vi...

cavaco chama, directores escrevem

[Não é todos os dias que os directores dos jornais de referência, escrevem notícias no seu jornal, aliás é muito raro. Mais: ainda será mais raro ambos escreverem no mesmo dia, e sobre o mesmo assunto. Não, não foi as comemorações do 25 de Abril, foi o programa de Cavaco Silva sobre a exclusão social. Quem chamou atenção para este "acontecimento" que se verificou ontem foi o João Paulo Meneses:

"Os leitores do Público terão estranhado que José Manuel Fernandes tenha escrito uma notícia de uma página, na edição de hoje, que abre a secção «Nacional».
Se também tiverem lido o Diário de Notícias terão encontrado, também, quase uma página com duas notícias, assinadas por António José Teixeira.
Se continuassem a leitura, encontrariam no Correio da Manhã uma página, a abrir a secção «Política» assinada por João Marcelino.
E, para terminar, no Diário Económico e em O Independente há também notícias assinadas por Martim Avillez Figueiredo e por Inês Serra Lopes!!! Chega? *

De comum entre eles:
- todos os textos são publicados hoje;
- todos os citados são directores e raramente escrevem notícias;
- o assunto era o mesmo: os «Roteiros» de Cavaco Silva que começam segunda-feira, com declarações «on» do próprio (o Correio da Manhã até inclui uma pequena entrevista);

O que é que aconteceu? Cavaco Silva chamou os directores a Belém, falou-lhes dos seus «Roteiros» e dessa conversa colectiva saíram os diversos textos (mas só O Independente refere esse contexto, «uma mesa cheia de directores de jornais, rádios e televisões») - o Presidente conseguiu uma coisa verdadeiramente insólito: pôr (quase) todos directores a escrever notícias. Notável!

* No JN a notícia não é assinada e no Jornal de Negócios é o director-adjunto quem a assina; Pedro Tadeu foi esquecido?"

Coloco partes em baixo (destaco, na minha opinião, a maior capacidade para escrita mais atractiva de José Manuel Fernandes do que de António José Teixeira - que tem maior experiência na rádio):]



Presidente inaugura "roteiros pela inclusão" - Público
Depois do discurso do 25 de Abril, Cavaco Silva parte segunda-feira para o terreno para dar a conhecer experiências positivas de combate à exclusão social

Uma aldeia que há quinze anos tinha apenas 11 habitantes e agora tem 65. Um concelho onde existe um programa exemplar de combate ao alcoolismo. Outro onde há bom serviço ambulatório de apoio aos idosos. O concelho com o maior índice de envelhecimento da população. Uma instituição privada com anos de experiência no combate à pobreza.
Durante dois dias, o Presidente da República vai percorrer o interior sul do país naquilo que designou como Roteiro para a Inclusão. Começa segunda-feira de manhã no concelho de Alcoutim e termina terça-feira à noite no de Vila Velha de Ródão. O objectivo, como ontem o próprio Cavaco Silva explicou aos directores dos principais órgãos de informação portugueses, é dar continuidade ao discurso do 25 de Abril, mostrando por actos e não apenas por palavras, "pois isso não está na minha natureza", que não é possível conformarmo-nos com o dualismo do nosso desenvolvimento, o qual deixa demasiados para trás.


Naquela que será apenas a primeira de várias viagens enquadradas sob a designação geral de "Roteiro para a Inclusão", o Presidente disse que procurará "mobilizar a sociedade". Para isso quer "evidenciar o que se está a fazer bem, não o que está a correr mal", quer dar exemplos de optimização na gestão dos recursos e promover a visibilidade de iniciativas que considera meritórias para "insuflar o espírito da solidariedade" entre os portugueses. Esta primeira jornada, que passará ainda por Mértola, Reguengos de Monsaraz, Portalegre e Fratel, será dedicada à exclusão nas regiões periféricas e à que está associada à velhice.
"Os nossos números não deixam ninguém indiferente", referiu Cavaco Silva.

NUMEROS
Na União Europeia, a relação entre o rendimento dos 20 por cento mais ricos e dos 20 por cento mais pobres é de 4,6 para um. Em Portugal é de sete para um.

A taxa de pobreza persistente na União Europeia (a 15) é de nove por cento, em Portugal é de 15 por cento

Há em Portugal 109 idosos com mais de 65 anos para 100 jovens com menos de 14. Mas em Vila Velha de Ródão a relação é de 526 idosos para cada 100 jovens

mais in Publico


--

Cavaco "desconfortado" com a pobreza traça Roteiro para a Inclusão - DN
No dia 25 de Abril, Cavaco Silva "não quis maçar os deputados com os números" que atestam a liderança portuguesa da União Europeia na desigualdade de distribuição de rendimentos. Mas surpreendeu-os ao escolher o combate à exclusão social como causa nacional. Um mês depois, passou das palavras aos actos. Traçou o "Roteiro para a Inclusão" e chamou a Belém os directores de informação para o divulgar. Na segunda-feira, começa em Alcoutim um périplo que o levará também a Mértola e, na terça, a Monsaraz, Portalegre e Vila Velha de Ródão.

Desta vez o Presidente da República tinha muitos números para justificar as suas preocupações. O risco de pobreza persistente afecta 15% da população portuguesa enquanto a média europeia é de 9%. Também os 20% mais ricos portugueses têm sete vezes mais rendimentos que os 20% mais pobres. A média europeia é de 4,6 vezes. Entre os mais pobres estão os idosos, sobretudo os que vivem isolados. Perante estes indicadores, "qualquer um fica desconfortado", diz o Presidente.

Cavaco Silva quer mobilizar a sociedade portuguesa para enfrentar estes problemas. Vai "evidenciar as boas práticas e não o que se faz mal". Prefere não fazer eco das desgraças: "Não precisamos de nada que possa diminuir a nossa auto-estima." Diz querer contribuir para o aumento da eficiência na utilização dos recursos disponíveis e estimular novas iniciativas da sociedade civil.

mais in DN

timor



Tropas australianas em Timor
Um soldado australiano cumprimenta uma leste-timorense pouco depois de ter chegado ao aeroporto de Díli. Destacados a pedido do Governo timorense, os militares australianos receberam as boas-vindas de cerca de 100 pessoas. Foto: Ed Wray/AP

knowledge of the day

Conhecimento do dia: "Elvis conheceu Priscilla em 1959, tinha ela apenas 14 anos. Apaixonado desde esse momento, congeminou sucessivos esquemas para ficarem juntos. Casou finalmente com ela em 1967, oito anos depois."
in Estado Civil

banho final


The Final Bath.

www.TheBath.blogspot.com

euromillions

Euromilionários
Dois portugueses dividem prémio de 15 milhões de euros
O primeiro prémio do sorteio do Euromilhões brindou esta semana dois apostadores portugueses, que ganharam 7,5 milhões de euros cada, segundo informações disponíveis no site da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.
Dos nove segundo prémios, três também vieram para jogadores nacionais indo cada um receber 263.416,64 euros. De acordo com os dados da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Portugal levou nove terceiros prémios no valor de 236.155.91 euros cada. Portugal arrecadou ainda 35 quartos prémios (4.004,64 euros cada), 314 quintos prémios (252,65 euros), 552 sextos prémios (109,82 euros), 1.437 sétimos prémios (56,66 euros) e 12.572 oitavos prémios (30,61 euros). A lista inclui ainda 20.437 nonos prémios para apostadores portugueses (cabendo a cada um 16,72 euros), 20.451 décimos prémios (18,03 euros), 108.589 décimos primeiros prémios (7,15 euros) e 190.512 últimos prémios (9,55 euros). Os números da sorte sorteados esta sexta-feira foram o 2, 12, 21, 41, 49 e as estrelas 3 e 7.

ideias do wc


"uma figura pública é alguém que adquire visibilidade num certo meio mediático, tornando-se valorizada por isso. O mérito dessa pessoa não conta nem é escrutinado, porque o que a transforma numa figura pública é a importância que ela tem dentro do seu ambiente natural."
por Pedro Lomba, in DN


"Se Cinha Jardim começasse a frequentar os congressos de filosofia da Universidade de Coimbra, alguma coisa estaria errada. Não duraria uma semana. A ideia de Merche Romero se transfigurar numa intelectual portuguesa, tão fascinante como as intelectuais portuguesas, seria o fim de Merche Romero. As figuras públicas estão presas à identidade que as fez públicas e, se se libertarem dessa identidade, a sua visibilidade morre."
por Pedro Lomba, in DN

factos e curiosidade

Foi lançado em Cannes e, julga-se, é o primeiro filme Saudita. Chama-se Keif al-Hal (Como estás?). Apesar disso, foi filmado no Dubai. Actualmente, cinemas públicos e teatros estão banidos na Arábia Saudita. Num país que movimenta tantos milhões de euros e com tantos mecenas mesmo muito ricos, apenas há algumas curtas-metragens e documentários. Mas tudo isso pode mudar, basta o dinheiro deles querer.
A BBC tem um artigo sobre o assunto.

deslumbrante | desejo de provar

foto de seventytw0dpi

Um desejo tão natural quanto a sua sede, consumir. Tal como o bolo, na foto, olhamos para certos produtos criados e escrupulosamente pensados para nos convencer a comprá-los, com sede e ânsia de os provar. Estão ali, tão perto, bonitos, impecáveis, prontos para podermos tomá-los como nossos. São atractivos, têm aspecto bem apetitoso, e quase que damos tudo para lhes podermos tocar. Vivemos assim, em sociedade consumista, para o que de bom e mau ela tem. Só um apontamento, no caso das pessoas minimamente inteligentes, depois de provarem um produto que falha as expectativas, não voltam a ele, com certeza... Tão natural como a minha sede.

frase da oceânia


"A luta do povo timorense foi por uma democracia e não por um território dirigido por meia dúzia de chefes que o controlam como qualquer feitor de quintarola ou capataz de fabriqueta."
Eduardo Dâmaso, in DN

cuidado, atenção...

Ter cuidado com os bloggers estagiários. É uma vontade universal do ser humano: querer partilhar. Um dos melhores meios actuais para fazer isso é falar num blog. Quando fui estagiário de jornalismo, criei o meu primeiro blog. Falei muito pouco, ou de forma abrangente, do que se passava à minha volta, tenho pena, porque teria sido bom para mim captar os momentos, in loco, do estágio, apesar de isso poder ser desgradável para alguém. Neste artigo do NT Times, fala-se exactamente nos estagiários e nos seus blogs, onde contam certos pormenores "íntimos" das empresas que podem ser mal acolhidos. Por isso mesmo, as empresas norte-americanas começam a precaver-se. A ler.

exemplo económico

Jack Welch.
Em entrevista na :2 pelo excelente Sérgio Figueiredo (pena não falar melhor inglês), a Jack Welch. Deveria ter maior visibilidade! Como ter sucesso?

"Negócios não é muito diferente do desporto. Se conseguirmos reunir uma boa equipa, vencemos."

1.º - Ter uma ideia que se integre na realidade das pessoas e elas possam aceitar.
2.º - Reunir uma equipa motivada em torno desse projecto e fazê-lo crescer.

"As pessoas devem colocar-se numa posição em que possam vencer. Se não podem vencer num lugar, mudem e tentem vencer noutro lugar."

Na entrevista houve um pormenor que correu mal, um telemóvel, de alguém nos bastidores tocou bem alto, distraindo até o entrevistado, falta de profissionalismo.

uma questão de língua






Línguas. O avançado ucraniano Shevchenko irá sair do Milan e assinar pelo Chelsea nos próximos dias. Porquê? Devido à pessoa destas fotos, a mulher de Shevchenko. Chama-se Kristen Pazak, é norte-americana, modelo, bela, e ele não fala inglês. Como comunicam? Pelo italiano que ela fala mal. Porque sai ele de Itália? "O único modo que temos de ensinar aos nossos filhos o amor que temos por eles é a língua inglesa", disse o avançado que marcou em 28 jogos na serie A, 19 golos e 9 na Liga dos Campeões deste ano. Uma questão de línguas, curioso, hein. Faz lembrar Figo e Helene Swedin, outra mulher deslumbrante. Ele é português, em Espanha (antes), ela é sueca, em Espanha.


foram os chimpanzés!

Estudo publicado hoje na "Science"
Foram os chimpanzés selvagens que contaminaram os humanos com o vírus da sida
De onde veio o vírus da sida, que já infectou milhões mais de 40 milhões de pessoas? Veio dos nossos parentes mais próximos, os chimpanzés, revela um estudo publicado hoje na revista Science, pela equipa de Beatrice Hahn, da Universidade do Alabama (EUA).
Há muito tempo que se suspeita de que o vírus da sida passou para os humanos através de populações selvagens de chimpanzés. Mas faltavam as provas finais. Uma das dificuldades residia em, até agora, só se ter encontrado a forma símia do vírus da imunodeficiência (o SIV) em chimpanzés em cativeiro - além de isso ser raro, essa detecção ocorreu apenas nas subespécies Pan troglodytes troglodytes e Pan troglodytes schweinfurthii, entre as quatro existentes. Ao mesmo tempo, o facto de haver chimpanzés em cativeiro com SIV, o vírus mais parecido com o HIV-1, fazia suspeitar de que eles eram a origem da pandemia. É, aliás, com o SIV que infecta os Pan troglodytes troglodytes que o HIV-1 se assemelha mais.

por Teresa Firmino, mais in PÚBLICO

jewels

Indústria de jóias teme perdas com filme de DiCaprio
A indústria de jóias norte-americana está a preparar-se para combater os possíveis efeitos negativos de «The Blood Diamond», protagonizado por Leonardo DiCaprio. O filme mostra o comércio ilegal de pedras preciosas e as suas consequências.
Na longa-metragem, DiCaprio interpreta um mercenário sul-africano preso por tráfico na Serra Leoa, aquando de uma guerra civil que durou até 2002 e matou 50 mil pessoas. Embora as gravações já estejam a decorrer desde Fevereiro, ainda não há uma data prevista para o lançamento do filme.
«As pessoas podem pensar que essa situação (de tráfico e guerra civil) continua hoje», afirmou Peggy Jo Donahue, relações públicas do grupo Jewelers of America.
«Vamos fazer com que os nossos joalheiros conheçam o assunto. Há muito a ser compreendido», disse Donahue.
Vários grupos rebeldes de países como Angola, República Democrática do Congo e Libéria já usaram milhares de milhões de dólares provenientes da venda de diamantes para financiar guerras.

onde é que é a saída


de serEmot

sexta-feira, maio 26, 2006

página lusófona... ui

CPLP: Portugal cria página na Internet sobre ambiente dos países lusófonos
O ministro português do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional, Francisco Nunes Correia, anunciou hoje em Brasília a criação de uma página na Internet sobre o ambiental dos países da CPLP.
A iniciativa de Portugal em construir o site, que deverá estar disponível no próximo mês, foi bem recebida pelos homólogos de Nunes Correia, que participam hoje na III Reunião de Ministros do Ambiente dos Países de Língua Portuguesa, na capital brasileira."O site permitirá um maior conhecimento da realidade ambiental dos países lusófonos e poderá propiciar também um espaço de trabalho conjunto", disse Nunes Correia.

[Ainda não há link!]

microsoft contra-ataca, acho bem

Microsoft quer a liderança do mercado de publicidade on-line
O Chief Executive da Microsoft, Steve Ballmer, disse, num almoço de negócios nos Estados Unidos, que a sua empresa vai disputar, durante os próximos cinco anos, a liderança no mercado de publicidade on-line com o Google e com o Yahoo!. As informações são avançadas pela agência Reuters.

quinta-feira, maio 25, 2006

tempos de muita fome e... gulodice





de Johnny Blood

mais economia

[Revistas femininas, jornais/revistas gratuitos e jornais de economia]

Parceria com o britânico gratuito "City AM"
Novo diário de economia vai chamar-se "OJE"
O novo jornal diário de economia, dirigido por Álvaro Mendonça, vai chamar-se "OJE" e terá como parceiro o título económico londrino gratuito "City AM", divulgaram hoje os responsáveis pelo projecto português.
"É uma parceria internacional muito forte. O 'City AM', que só é distribuído dentro do grande centro financeiro de Londres, foi lançado há dez meses e já atingiu os cerca de cem mil exemplares", disse o administrador-delegado da Megafin, a sociedade editora do novo projecto, Tiago Cortez.
"O City AM acrescentou novos leitores ao mercado dos jornais económicos. Essa é uma lógica que pretendemos repetir em Portugal", disse o administrador-delegado, adiantando que já foi definido que o novo diário de económico será apenas comercializado por assinaturas, focando o seu interesse na região de Lisboa e nos quadros médios e superiores do sector empresarial.

rui, rui costa

Photobucket - Video and Image Hosting

mais media

[Disseram-me recentemente que Manuel Maria Carrilho, que já é professor da Universidade Nova de Lisboa, esteve há uns tempos para ser convidade para dar aulas no departamento de Ciências da Comunicação, aos estudantes de jornalismo. Não sei se é verdade e sequer se se irá concretizar, no entanto, depois das últimas semanas, é quase cómico ouvir isto...]

Conselho de Ministros discute hoje Estatuto do Jornalista
O projecto de alteração do Estatuto do Jornalista vai estar em discussão esta quinta-feira no Conselho de Ministros, informou o Diário Económico.
Além da discussão do Estatuto do Jornalista, deve ser aprovado para envio à 1ª subcomissão a Lei da Concentração dos Media.
O novo Estatuto do Jornalista vai substituir o modelo de 1997, data em que foram feitas as útimas alterações à legislação.
O reforço da protecção ao sigilo profissional (que deverá ser levantado apenas em casos excepcionais, como crimes contra a vida humana) é uma das mudanças que vai ser introduzida. Quanto ao regime de sanções, este também vai sofrer alterações, passando os jornalistas com «deveres sindicáveis» a estar sob o âmbito da Comissão da Carteira Profissional do Jornalista.


firefighters

Atlas mundial de incêndios da ESA disponível online
O atlas mundial de incêndios da agência espacial europeia (ESA) está disponível para todos os utilizadores da Internet, permitindo o acesso às informações de todos os incêndios seis horas após serem localizados.
De acordo com a ESA, todos os cibernautas podem aceder a este atlas, que funciona há mais de um década com a informação que os sensores radiométricos instalados nos satélites ERS-2 e Envisat transmitem.
Os sensores medem a temperatura a partir do céu, de modo que quando atinge os 38,85 graus consideram que a zona está a produzir um incêndio.
Até ao momento, cerca de 200 cientistas de todo o mundo já utilizaram estes dados para melhorar a prevenção e o controlo de incêndios e, sobretudo, estudar as alterações que provocam a nível ambiental.


Site da ESA

banho e frio








por Christichka

Inverno. Um bom banho quente pela manhã. Sair para a rua bem agasalhado para a protecção do frio do ar que nos circunda. Já tenho saudades...

quem diria, mais um

"Eu Aqui" é número um
Top nacional: Pearl Jam destronados por FF
Depois dos D'ZRT, é FF quem ameaça dominar os escaparates. A mais recente estrela pop saída da série "Morangos Com Açúcar" conseguiu, com o álbum "Eu Aqui", conquistar o disco e ouro e chegar ao primeiro lugar do tabela nacional de álbuns mais vendidos, destronando o novo álbum homónimo dos norte-americanos Pearl Jam (agora em sétimo).

hábito constante

Há 50 milhões de viciados na Internet
Um estudo da Internet World Stats revela que a dependência da Internet é um fenómeno social real. E adianta uma estimativa para o actual número de vítimas afectadas pela patologia: 50 milhões de pessoas, o que corresponde a cerca de cinco por cento dos mil milhões de pessoa que dispõem de acesso à Web no mundo.

estilo punk papal

Photobucket - Video and Image Hosting



Photobucket - Video and Image Hosting





Photobucket - Video and Image Hosting




Photobucket - Video and Image Hosting

chamem a polícia

Photobucket - Video and Image Hosting

Polícia timorense. Num momento em que se fala muito na falta de segurança em Timor-Leste, aqui está uma foto que exemplifica como é um esquadra de polícia por lá. Existe lá polícia, não se percebe porque é que é preciso GNR's portugueses para lá...

guerra & paz

[Anda tudo em pulgas com a suposta proibição da Sport TV. O Frescas e Boas explica: calma! Primeiro, os jogos podem ser transmitidos em bares e restaurantes. A preocupação da Sport TV é, essencialmente, que existam empresas a patrocinar eventos de transmissão de jogos ao ar livre e a terem beneficios disso. Por isso, quem, como as autarquias, irá montar áreas para se ver os jogos, pode pedir à Sport TV autorização que, caso não existam esses patrocinios, eles não autorizam sem qualquer pagamento... pelo que percebi existe um site para esse pedido.]

Sport TV em guerra com autarquias
Todos contra a proibição de emissões públicas do Mundial
Vários municípios vão exibir jogos da selecção em ecrãs gigantes - mesmo que isso seja ilegal
A ordem de proibição de exibição dos jogos do Mundial de futebol em locais públicos, como praças e jardins, dada pela Sport TV, detentora dos direitos de exibição televisiva e pública da prova para Portugal, está a cair em saco roto. Os municípios estão determinados em manter os seus planos de apoio à selecção, instalando ecrãs gigantes em locais públicos e a associação que os representa repudiou ontem formalmente a atitude da Sport TV.

mais in Publico

emel cobra por cobrar

[Tenho neste momento uma multa para pagar de 2,55 euros pelo mesmo motivo, tinha passado 30 minutos do período que estava no talão que tirei. E agora?]

EMEL cobra dinheiro indevidamente
Tribunal diz que a empresa tem de descontar o valor pré--pago, quando exige o pagamento do tempo máximo permitido.
A EMEL está a cobrar dinheiro a mais aos automobilistas que deixam passar o tempo de estacionamento pré-pago sem colocar mais moedas no parquímetro. Esta é a conclusão que se pode retirar de uma recente sentença do tribunal do Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo que ordenou à empresa a devolução de 1,02 euros cobrados a mais.
A prática da Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa consiste em deixar um envelope aos automobilistas cujos veículos se encontram estacionados para lá da hora inscrita no talão da máquina, com um aviso de pós-pagamento no valor do tempo máximo de estacionamento autorizado. A não liquidação desse valor, que na maior parte dos casos corresponde a 2,07 euros, implica uma coima entre 30 e 150 euros e ainda o reboque da viatura.
Entendendo que, num caso concreto que com ele se passou, só lhe era exigível a diferença entre o valor que tinha pago e o máximo de 2,52 euros, o advogado Jorge Pegado Liz apresentou em Março uma queixa contra a EMEL ao Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo. O recurso dos automobilistas a esta entidade tornou-se possível por iniciativa da própria EMEL, que em Fevereiro passou a aceitar a sua mediação.
No caso de Pegado Liz, a sentença do juiz árbitro Jesus Roque diz que a EMEL "não poderá cobrar o valor total do período de estacionamento que pode ser entre 2 e 4 horas, porquanto não pode deixar de deduzir o valor já pago pelo utente" - acrescentando que "se assim não o fizer verifica-se uma dupla tributação, relativa ao período de tempo sobreposto". Por isso determinou que a empresa "deverá restituir ao reclamante" a diferença entre aquilo que ele tinha pago e o montante máximo que lhe foi exigido e ele pagou posteriormente. O PÚBLICO perguntou à EMEL se, depois desta sentença, vai alterar os seus procedimentos, mas não obteve resposta em tempo útil.

in Publico

quarta-feira, maio 24, 2006

b.i. intrínseco


B.I. intrínseco
Foi meu professor na Faculdade. Tem 1m58. É gordo. A foto que aqui está já não lhe faz justiça, já que ele está mais magro, tem menos barba e aparentemente mais aparada. Tem agora a mania de colocar o cabelo, mais curto, para trás, com o que parece ser gel. Pormenores...
A ÚLTIMA VEZ QUE VI: há umas semanas no visionamento do Instinto Fatal 2, esteve a falar com a filha, Alexandra Prado Coelho, jornalista do Público, agora no suplemento do jornal, Y.

opinião do dia

"Nunca os jornalistas tiveram uma tão semiótica formação universitária e nunca existiram tantas disciplinas e tantos livros sobre a deontologia dos media, e contudo nunca tivemos jornalistas tão pouco sérios, tão desleixados em termos de cultura geral, escrevendo muitas vezes com os pés, e tão demagógicos no modo como apresentam as coisas."
Eduardo Prado Coelho, in Publico

--

"Como dei notícia ampla, e suponho que bem-humorada, estive quatro dias e meio no Hospital de Santa Maria. Não creio que fosse acontecimento para ser notícia nos jornais. Sei apenas que um senhor, dizendo que era um grande amigo meu muito próximo, que estava preocupado e queria ter notícias minhas, telefonou para minha casa e falou com a minha empregada brasileira. Esta, com extrema boa-fé, contou tudo. Do tal "amigo" nunca mais ouvi falar. Mas verifiquei que um jornal (que nunca leio) escreveu algumas colunas alarmistas a propósito do meu estado de saúde. Não direi o nome do jornal porque não interessa. Interessam, sim, certos procedimentos de alguns "jornalistas" portugueses. E, como dizia a Nágila, "o urubu nem o meu nome soube escrever"."
Eduardo Prado Coelho, in Publico

software que custa 2 tostões rende 2 mil milhões

[Trata-se de uma política na moda... As empresas de software, neste caso, de música e filmes, noutros casos, sabem que perderam ligeiramente nos lucros brutais que têm e, por isso, toca de fomentar estudos que mostram o quanto se perde pelos utilizadores passarem em cadeia esses produtos. Claro que esses não são, propriamente, valores reais porque sendo gratuito mais pessoas utilizam mesmo coisas que não comprariam se não fossem.]

Software pirata provoca perdas de 80 milhões em Portugal
A percentagem de software pirateado em Portugal aumentou 57,5% nos últimos dois anos, representando um prejuízo de 80,92 milhões de euros para a economia nacional, revela o terceiro relatório anual da IDC sobre pirataria informática no mundo, hoje publicado.

tv catolicismo

[Inialmente ia para dizer que me parece uma ideia ridicula, na perspectiva de que a Igreja Católica continua com tendências exageradas no poder que tem e mais uma demonstração do muito dinheiro que tem e que não partilha. Ia dizer isto, mas não digo, fica para a próxima.]

Católicos querem voltar à TV
A Igreja Católica está a ponderar regressar ao mercado audiovisual com um projecto televisivo. Quase dez anos depois de terem saído da TVI, os católicos não desistem da aspiração de marcar presença diária nos ecrãs de televisão. A criação de um jornal diário de âmbito nacional, que contribua para o "diálogo social", também está a ser equacionada.Num encontro com os jornalistas, realizado ontem em Lisboa a propósito do Dia Mundial das Comunicações Sociais, D. Manuel Clemente explicou, contudo, que é cedo para adiantar pormenores. "Não se pode concretizar porque não há uma pré--ideia, apenas uma aspiração forte", disse o presidente da comissão episcopal para os media. O bispo auxiliar de Lisboa esclareceu ainda que esta não é a posição oficial da Igreja enquanto instituição - pois não decorre de uma resolução da Conferência Episcopal Portuguesa - mas uma aspiração de "muita gente da Igreja".
mais in DN

signos


in Arioplano

mundial na rede


[Podem ser poucos os que sabem, mas a Globo irá transmitir online os jogos do Mundial. Depois de tantas polémicas com a Sport TV, quem sabem não é uma alternativa viável. Deveriam de existir mais canais, nomeadamente portugueses, a fazer este tipo de iniciativa. A SIC tem já, falta a RTP e a dois, bem como alguns canais cabo, seria muito bom se assim fosse. Democratizar e televisão. Em relação à RTP, já tem um razoável centro multimédia que integra Jornal da Tarde, Telejornal e nos programas apenas o Contra Informação, mas há mais para fazer, e depressa!]

Globo transmite jogos do Mundial 2006 na Internet
A estação brasileira Globo vai transmitir os jogos do Mundial de Futebol online, no site Globo.com, com acesso total para os seus utilizadores, que pagam o serviço, e parcial para o resto das pessoas.
Além de transmitir os 64 jogos em directo, o portal também disponibiliza aos utilizadores vídeos de todos os golos, os melhores momentos do dia, resumos dos encontros e o arquivo dos jogos e golos do Mundial de 2002.
No site encontra-se ainda uma secção com a opinião de alguns colunistas, permitindo acompanhar o dia-a-dia da selecção brasileira e os treinos da equipa canarinha.
«Estamos a lançar uma nova maneira de ver o Mundial. Na Internet, os espectador poderá ver de novo uma jogada ou um momento específico do jogo quantas vezes quiser, além de participar em debates e ter acesso a um conteúdo completo de futebol e desporto», disse o director comercial da Globo.com, Frederico Monteiro.

terça-feira, maio 23, 2006

novos media

Sugestão do Ponto Media:
"OS NOVOS jornalistas precisam de saber produzir para os novos media, diz o director do The New York Times. "

kionoivi


de hellophotokitty
Tremer. Frio.

o bem do café


Universidade do Minnesota
Estudo: café pode ajudar a proteger contra doenças cardiovasculares
Investigadores norte-americanos da Universidade do Minnesota, em Minneapolis, concluíram que beber entre uma e três chávenas de café por dia pode ajudar a proteger contra as doenças cardiovasculares e outras doenças caracterizadas por inflamações.
"As conclusões sugerem que há alguns benefícios em beber café, com moderação", disse David R. Jacobs, um dos investigadores implicados no estudo. "Mas gostaria que outros investigadores testassem estas conclusões antes de fazer uma declaração a favor do consumo de café", disse.Jacobs e os seus colegas estudaram a relação entre o consumo de café e as mortes causadas por doenças cardiovasculares, cancro e outras doenças relacionadas com inflamações.As análises foram realizadas em 27.321 mulheres com idades entre os 55 e os 69 anos, durante 15 anos. Um total de 4265 das pessoas morreu durante esse acompanhamento.

in Publico.pt

Site do “American Journal of Clinical Nutrition”

conan, o ladrilhador


Um grande programa, de Conan O'Brien, aqui ao lado de Bruce Willis.

"Hi everybody, i have a talk show."

factos e curiosidade

Montenegro voltou a tornar-se num país. Timor já não é o mais recente país do mundo.

mais opiniões

Como qualquer blogger actualizado, Pedro Mexia já tem um comentário, pertinente, por sinal, ao debate do Prós e Contras. Subscrever. A espreitar, aqui.

as opiniões são como as vaginas

PERGUNTA DA NOITE: Como é que um político pode ser tão calunioso e faltar tanto à verdade sem qualquer consequência?
Sim, eles têm imunidade dos tribunais, têm de prestar contas apenas aos partidos e às vezes. No entanto, no debate desta noite sobre o livro de Manuel Maria Carrilho, este senhor, insistiu no seu livro infantil e de clara vitimização em condenar os meios de comunicação por ter perdido as eleições, bem como as agências de comunicação.

1. Parece-me algo exagerado a RTP ter levado para o Prós e Contras o livro de Manuel Maria Carrilho, quase exclusivamente.

2. Chegou-se a lado nenhum com o debate. Ao fim ao cabo, o final foi o climax do que eu chamaria uma estrumeira.

Manuel Maria Carrilho leu de forma provocadora e directamente insinuante alguns pontos do Código Deontológico dos Jornalistas a Ricardo Costa. A parte preferida foi: "meios leais, conhece essa palavra, Ricardo?" Em tom de ataque pessoal a Ricardo Costa, já que durante o debate ele explicou que o livro e declarações de Maria Carrilho não provam aquilo que ele insinua no livro - a verdade simples e claro, portanto -, Carrilho descarrilou ao terminar por chamar Ricardo Costa "a vergonha do jornalismo em Portugal", ao insinuar que ele era corrupto, entre outras coisas do género. Algo que Carrilho fez durante a campanha com os adversários e que marca o estilo Carrilho - o político. Infelizmente, para a política, sociedade portuguesa e para a Bárbara, este estilo tão marcado, é do mais bacoco, cínico e arrogantemente infantil e vaidoso possível. A verdade é que este homem, Manuel Maria Carrilho, que pode ter muitos méritos filosóficos e até culturais, como político que procura ser, utiliza argumentos de um cinismo e falsidade que assusta os piores oradores gregos, da Antiguidade Clássica.
Como dizia Ricardo Costa, Carrilho, esse homem que, de facto, é um perdedor de eleições, queria ir às redacções reescrever os artigos aos jornalistas.

ATENÇÃO à navegação! MANUEL MARIA CARRILHO é altamente VINGATIVO.
O homem que depois de uma acusação de Morais Sarmento, respondeu a gozar com o facto dele ter sido toxicodependente, não suporta a crítica e quem o confronta, especialmente quando esse alguém acaba por mostrar poder ter mais razão do que ele, por isso mesmo responde sem escrúpulos e sabendo que está a faltar à verdade, como uma criança da primária. Se lesse isto, Carrilho acabaria comigo e este blog em momentos... possivelmente.

JORNALISMO
No programa falou-se, não por Carrilho, em algumas questões reais sobre jornalismo. Mas o que poucos disseram é que aquilo que se falou era apenas jornalismo político. Existem falhas no jornalismo e nos jornalistas, sim. Mas poucos se apercebem que estão a pedir a uma classe pobre e que está completamente sobrecarregada que se torne melhor.
Menos jornalistas nas redacções significa pior qualidade, imperetrivelmente. Não se lhe pode fugir. Não se pode acusar os jornalistas e as redacções, como o fez Emidio Rangel, de seguirem por notícias que provêem de agências de comunicação, quando todo o panorama de comunicação em Portugal está a mudar.
Caro Emídio Rangel, repare. Cada vez mais os organismos estatais, cada vez mais empresas (de toda a espécie e feitio), cada vez mais clubes de futebol, cada vez mais organizadores de eventos, cada vez mais universidades e laboratórios, cada vez mais personalidades importantes, cada vez mais órgões de comunicação: recorrem a agências de comunicação. Se isto acontece, como é que os cada vez menos e cada vez mais explorados jornalistas podem DIMINUIR as notícias de agências. A tendência, meu caro, é aumentar. Upa, upa, para cima. É incontornável e isso traz coisas boas e más, claro. As más podem piorar o jornalismo, mas também há hipóteses de o melhorar, claro que estou a falar em vários domínios e não só no político, como parece ser apanágio ultimamente.
Para se fazer democracia não é só a política e o jornalismo que lhe é inerente que são importantes. De qualquer forma parece-me abusivo acusar jornalistas e agências de comunicação de falta de verdade ou lealdade que perturbam a democracia. A fonte de tudo isto também são os políticos, que se dizem vitimas de um sistema que os coloca na ribalta seja para os enaltecer ou denegrir. A verdade mediática (que nem sempre é igual à verdade real) tem destas coisas, pode ajudar ou lixar um político. Mas isso está relacionado com a vida. Repare, caro Rangel, nem mesmo em programas como o Big Brother, em que supostamente vimos tudo da vida dos habitantes, as questões eram pacíficas. Isto porque se um concorrente dizia determinada coisa, havia, por exemplo, uma maioria de pessoas que encaravam de um modo positivo, mas uma minoria que viam de um modo negativo - e se calhar a verdade estava no modo negativo. Na mediatização, assim como na vida, é preciso não só representar bem e jogar bem o jogo, como cair-se no goto das pessoas.
Voltando ao jornalismo, tenho muita pena que não existe um organismo real e com força e iniciativa, como seria uma Ordem, no jornalismo. Faz falta por vários motivos. E o principal, ao contrário do que se pensa, não é obrigar os jornalistas a seguiram o código...

O PRINCIPAL, inicialmente, só pode passar por melhorar as condições dos jornalistas e as formas, não só como eles são regulados (importante, sem dúvida), como eles são protegidos dos constantes ataques. Caríssimos, se queremos uma boa omelete, temos que ter bons ovos. E os bons ovos aqui, são boas condições para os jornalistas, aí sim se pode exigir óptimos níveis de qualidade, dentro do possível. Vou dar um exemplo concreto sobre a comunicação. Se uma agência de comunicação paga a viagem a um jornalista de um jornal para ir cobrir a um lado qualquer o evento B e o evento A não fez nada disso, é normal que o evento B saia com um destaque bem maior no jornal. Faz sentido porque o dinheiro é, de facto, importante nas empresas de jornalismo e para os jornalistas.

PIOR. Existem diferentes tipos de situação nesta profissão que é o jornalismo. Mas, actualmente, o jornalismo aproxima-se do mecenato. Infelizmente, ao contrário dos mecenas, os jornalistas não são ricos e precisam daquela coisa chamada dinheiro para viver. Actualmente, é dificil não resistir em sair do jornalismo e ir para agências. Pagam muitíssimo melhor, trabalha-se menos horas e, em norma, sem stresses diários tão grandes. Já para não falar de não terem a responsabilidade de seguirem uma informação que se revela errada e depois terem de ser crucificados por isso, sem qualquer protecção. Todos os dias os jornalistas expõem-se ao tentar informar. Em determinado tipo de jornalismo as críticas são mais frequentes do que noutros, no entanto, críticas injustas são diárias. Mesmo aquelas que têm razão, muitas acabam por ser injustas, porque poucos têm a noção do que é ter de decidir em minutos diversos assuntos.

Acuse-se então, se se faz questão.
Adeus. Vou dormir... sem pensar mais nisto.

segunda-feira, maio 22, 2006

humor empresarial

[Aqui está uma bela iniciativa! Já me tinha ocorrido, por acaso, ou não.]

Produções Fictícias vendem humor para "eventos empresariais"
As Produções Fictícias lançaram um novo projecto ao nível da utilização do humor nas estratégias de comunicação internas e externas das empresas portuguesas. Sob o nome PF/Business, a nova área de negócios das Produções Fícticias é descrita como "humour taylor made para eventos empresariais" e destina-se e "empresas, gabinetes de comunicação, elementos dos Conselhos de Administração e a todos os que compreendem a necessidade de comunicar de forma inteligente, actual e apelativa com os seus interlocutores profissionais". Em declarações ao Meios e Publicidade o coordenador do projecto, Luis Pedro Nunes [director do Inimigo Publico], explicou que o conceito de humor para eventos empresariais resultou da "percepção de que a procura das empresas nacionais nesta área de organização de eventos pedia algo diferente".
in Publico

domingo, maio 21, 2006

willis die hard

Photobucket - Video and Image Hosting

Bruce Willis, em Cannes, anunciou mais um Die Hard.

hábitos

Net, compras, telemóvel: novos vícios rivalizam com droga
Os técnicos da área da toxicodependência começam a confrontar-se com a emergência de novos vícios sem drogas, como estar «agarrado» à Internet, ao telemóvel, às compras ou ao jogo, chegando mesmo estes doentes a «ressacar» quando não consomem.
Embora com implicações muito diferentes das que decorrem do uso de drogas, estas patologias carecem igualmente de tratamento, sob pena do viciado poder viver situações dramáticas.
Em entrevista à agência Lusa, o psiquiatra Luís Patrício, que dirige o Centro de Atendimento a Toxicodependentes (CAT) das Taipas, em Lisboa, sublinhou que a sociedade de consumo e o aumento da oferta estão a criar fortes dependências patológicas sem substâncias psicoactivas (drogas), não só nos toxicodependentes em tratamento como no cidadão que nunca consumiu qualquer droga lícita ou ilícita. Luís Patrício vai mesmo mais longe e argumenta que «cada vez mais deixamos de falar em toxicodependência para começarmos a falar de adictologia».
Face a esta preocupação, o «XIX Encontro das Taipas», que reúne em Lisboa segunda e terça-feira cerca de 400 técnicos nacionais e estrangeiros na área da toxicodependência, inclui no seu programa um painel de debate sobre «Dependências Patológicas sem Substâncias Psicoactivas», que terá como orador o professor Carlos Alvarez Vara, da Agência Antidroga da Comunidade de Madrid.

edredon



Manto de prazer.

pergunta dominical

Porque é que os padres, bispos e afins falam para as pessoas de modo tão formal. "Vós", "eis", "vestéis", "lambeis"...

sábado, maio 20, 2006

ideia do wc

"Homens de negócios japoneses fechados em cubículos de dormir com 1,90 metros de comprimento por um metro de largura. Pode parecer tortura, mas é este o conceito dos hotéis-cápsula para executivos nipónicos que não têm tempo para ir dormir a casa. Este fenónemo - que não é novo, o primeiro hotel-cápsula abriu em Osaka em 1977 - é exclusivo do país do sol nascente, uma sociedade entregue ao trabalho e à tecnologia"
in Em revista

abba from sweden



Energia ABBA. Incrível como o grupo sueco conseguiu trazer tanta energia positiva para a sua música. Têm uma história curiosa e que foi contada esta tarde pela RTP, numa bela iniciativa a propósito do Festival Eurovisão - eles venceram há uns anos com a música Waterloo.

www.abbasite.com
ABBA - Wikipedia
ABBA FAN CLUB




The Winner Takes It All
I don’t wanna talk
About the things we’ve gone through
Though it’s hurting me
Now it’s history
I’ve played all my cards
And that’s what you’ve done too
Nothing more to say
No more ace to play

The winner takes it all
The loser standing small
Beside the victory
That’s her destiny

I was in your arms
Thinking I belonged there
I figured it made sense
Building me a fence
Building me a home
Thinking I’d be strong there
But I was a fool
Playing by the rules

The gods may throw a dice
Their minds as cold as ice
And someone way down here
Loses someone dear
The winner takes it all
The loser has to fall
It’s simple and it’s plain
Why should I complain.

But tell me does she kiss
Like I used to kiss you?
Does it feel the same
When she calls your name?
Somewhere deep inside
You must know I miss you
But what can I say
Rules must be obeyed

The judges will decide
The likes of me abide
Spectators of the show
Always staying low
The game is on again
A lover or a friend
A big thing or a small
The winner takes it all

I don’t wanna talk
If it makes you feel sad
And I understand
You’ve come to shake my hand
I apologize
If it makes you feel bad
Seeing me so tense
No self-confidence
But you see
The winner takes it all
The winner takes it all...
Abba

pedaços de vida

História Devida
[A ideia não é original mas ainda bem que alguém a traz para a rádio portuguesa! Passa na Antena 1. Sou mais um homem TSF mas talvez mude a rotina radiofónica para ouvir estas histórias.]

HISTÓRIA DEVIDA
"De 2ª a 6ªfeira (17:20, 21:40 e 01:20). Porque toda gente tem uma história para contar... Um programa diário da RDP, apresentado por Miguel Guilherme e por Nuno Artur Silva, baseado no conceito posto em prática por Paul Auster nos Estados Unidos da América.
Os ouvintes da Antena 1 terão que enviar as suas próprias histórias para que Miguel Guilherme as leia em antena. Apenas uma das histórias semanais de a história devida terá origem num convite feito pelos apresentadores a pessoas que conhecem. Todas as outras serão escritas pelos ouvintes. A história devida depende, assim, da participação dos ouvintes, já que o programa é praticamente «feito» por eles – são eles que partilham as suas histórias, limitando-se Miguel Guilherme e Nuno Artur Silva a levá-las até às pessoas. Para ouvir na Antena 1, de 2ª a 6ªfeira às 17:20, 21:40 e 01:20. A única certeza é que toda a gente tem uma história para contar. Conte a sua também...


Envie-nos a sua história devida
por correio: PRODUÇÕES FICTÍCIAS – TRAVESSA DA FÁBRICA DOS PENTES, 27, R/C 1250-105 LISBOA
por email: historiadevida@rdp.pt "
in RDP

ele é vingativo?


Apresentação da nova série da SIC, depois do fracasso de 7 Vidas, Aqui Não Há Quem Viva. Francisco Penim fala ao microfone, com grande pompa. O meu ex-(e breve)professor, Nicolau Breyner, faz cara de aborrecimento e desconforto. É com esta série que a SIC quer combater o Gato Fedorento, Penim é vingativo?

Curioso ver Nicolau Breyner novamente na televisão. Mesmo assim, estou com saudades de o ver num belo filme (não comento sequer o Crime do Padre Amaro...)

película do dia

Do jornalista do Publico Online, Sérgio Gomes

quarta-feira, maio 17, 2006

enjoy my ice


The warmth of the Summer is coming. Enjoy the ice!!

domingo, maio 14, 2006

vacas à solta!


Cerca de cem vacas invadem Lisboa em manifestação de arte
Cerca de cem vacas, de «sonhadoras» a cosmopolitas«, partem hoje da Praça do Município, em Lisboa, para vários locais da cidade, marcando o início da Cowparade que vai colorir a capital portuguesa até finais de Agosto.
No total são 101 vacas construídas em vibra de vidro em tamanho real e pintadas com cores garridas, mas apenas 95 vão partir do Largo do Município já que as restantes seis são da autarquia permanecendo frente aos Paços do Concelho durante uma semana.
Até final de Agosto, quando termina a Cow Parade, a vaca «Calçada Portuguesa» permanecerá frente ao município.
Cow-Mões, Chococow, Clowds, Cowcity, CowPuter e High-Tech Cow são alguns dos nomes das vacas que vão ser colocadas em vários locais da cidade, nomeadamente no Chiado, Parque Eduardo VII, Restauradores, Rossio, Largo do Rato, Campo Pequeno, Parque das Nações, Jardim da Estrela, Estação da CP de Santa Apolónia, Benfica e Amoreiras, entre outros.

quinta-feira, maio 11, 2006

banhos caros


Banhistas na água com bandeira vermelha arriscam multa
Os banhistas que entrem no mar com bandeira vermelha arriscam-se a pagar uma multa de acordo com as novas regras para esta época balnear, que começa a 1 de Junho. As novas regras foram aprovadas em conselho de ministros há duas semanas «para entrar em vigor já nesta época balnear», declarou o secretário de Estado da Defesa, Lobo Antunes. O diploma enumera várias ilicitudes que podem ser cometidas por banhistas, concessionários das praias e nadadores-salvadores, a quem podem ser aplicadas coimas que vão de 55 a 1.000 euros.

quarta-feira, maio 10, 2006

acrobata vaginal



Na revista que sai aos sábados no Diário de Notícias (NS) saiu recentemente a seguinte entrevista a uma das porta-vozes do Salão Erótico, Sónia Baby:

NS – Está preparada para a Segunda Edição do Salão Erótico de Lisboa?
SB – Estou. Para lá da minha faceta de actriz “porno” vou actuar numa área muito especial a que me dedico lá em Barcelona.
NS – Que área é essa?
SB – Sou acrobata vaginal.
NS – Desculpe?!
SB – É isso mesmo. Tiro 18 metros de correntes de dentro de mim. Também tiro bolas de pingue-pongue e dou autógrafos com a vagina.

terça-feira, maio 09, 2006

beleza à vista



Beleza gauleza comemora 50 anos
The Gower Peninsula in south Wales is celebrating its 50th anniversary of being designated an Area of Outstanding Natural Beauty (AONB).
It was the first location in the UK to be awarded the prestigious status, ensuring the unique characteristics of the landscape would be both protected and made accessible as a retreat for local communities. Soon after, many of the nation's most treasured areas also became AONBs - from the Cornish coastline in south-west England to the north-east shores of Northumberland.
There are now 40 such areas in England and Wales, covering about 18% of the land, with a further nine in Northern Ireland. The wide range of habitats in its 188 sq km reveals why the first AONB status was awarded to the Gower Peninsula.

mais in BBC

amor positivo

"Quanto mais vou sabendo de ti, mais gostaria que ainda estivesses viva. Só dois ou três minutos: o suficiente para te matar. Merecias uma morte mais violenta. "

Miguel Esteves Cardoso, in O Amor é Fodido

minuto da hora

A cada minuto que passa fazem-se dois abortos na União Europeia ainda há quem diga que faz-se pouco por minuto neste país.

A cada minuto que passa acontecem dois abortos na UE
A cada minuto que passa fazem-se dois abortos na União Europeia, de acordo com um relatório publicado esta terça-feira. O estudo sobre a Evolução da Família na Europa 2006, do Instituto da Política Familiar (IPF), tomou em conta dados do Eurostat e da Comissão das Nações Unidas para a Europa e indica que uma em cada seis gravidezes na UE, 17,2%, termina em interrupção voluntária.
Segundo o estudo, apresentado hoje no Parlamento Europeu, a França é o Estado membro onde acontecem mais interrupções voluntárias da gravidez (IVG), 208.759. Seguem-se o Reino Unido (195.483), a Itália (133.000), a Alemanha (128.030) e a Espanha (79.788). Em conjunto, estes cinco países contam para 75% do total de abortos na UE.

jay jay abrams


J.J. Abrams foi considerado pela revista Time, uma das 100 pessoas mais importantes no mundo, no último ano. A revista convidou algumas personalidades para escreverem sobre as personalidades distinguidas (por exemplo, Condoleezza Rice escreveu sobre Oprah). Quem escreveu o texto de J.J. Abrams, criador das séries de televisão Alias, Lost e Felicity e recentemente realizador de Missão Impossível III, foi Tom Cruise. Em algumas palavras Tom, o bajulador, consegue dizer muito muito pouco.

"First of all, is there anything in a name—J.J.? Look at the Jays we have now—Jay Leno, J. Lo, Jay-Z—but he's got two Js."
Tom das Cruzes

The TIME 100 The People Who Shape Our World